Diário de Pernambuco
  • RSS RSS
  • Você está em
  • (0) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Finanças » Enquete feita com internautas no site do Diario revela que compra do imóvel é desejo da maioria Casa própria está em primeiro lugar

Diario de Pernambuco

Publicação: 07/06/2012 11:15 Atualização:

O que você faria se ganhasse o dobro do seu salário? De acordo com a enquete lançada na última semana no site do Diario, a maioria dos pernambucanos usaria o dinheiro extra para comprar um imóvel. Enquanto 53% dos participantes optaram por essa hipótese, 20% dos participantes afirmaram que aplicariam o dinheiro na poupança, 11% comprariam um carro, 8% fariam um curso de capacitação e apenas 6% gastaria a grana com roupas e móveis novos. Entre os motivos da preferência pernambucana estão o aquecimento do mercado local, a expansão imobiliária em áreas como Suape e Goiana e a maior facilidade na aquisição do crédito.

“Com o desenvolvimento econômico do estado, os imóveis estão tendo uma valorização constante. Quem comprou um apartamento há três anos, por exemplo, consegue vender hoje pelo dobro do preço. Logo, é um investimento com grande lucratividade e poucos riscos”, afirmou o coordenador de economia da Faculdade Boa Viagem (FBV), Antônio Pessoa. Segundo ele, essa valorização deve ser mantida por, no mínimo, mais dez anos. “Estamos recebendo grandes investimentos como a fábrica da Fiat, em Goiana, a Arena da Copa e Suape não para de crescer. Fica óbvio que ainda teremos anos com grande crescimento em todo o estado”, ressaltou.

Ainda de acordo com o coordenador, além de tudo isso, está cada vez mais fácil financiar um imóvel no estado. “Os bancos baixaram os juros do crédito e as construtoras dão prazos quase infinitos de pagamento.” Aqui temos a primeira dica de quem pensa em investir no setor: uma entrada gorda e um prazo menor permitem juros mais baixos. “O ideal é comprar à vista, mas quem não pode, deve poupar por um tempo e depois negociar a compra com uma entrada de 30% a 50% do valor do bem. Assim você precisará de um período menor de financiamento e isso ajuda muito a reduzir os juros.”

Além de pensar em como comprar - na planta, pronto, usado, à vista ou financiado -, há outros pontos a se levar em consideração. Para Roberto Ferreira, professor de economia da FBV e consultor financeiro, fatores como localização, tamanho também podem indicar uma vantagem na hora da compra. “A localização pode ser determinante na velocidade da revenda. E isso não diz respeito apenas ao imóvel estar em um bairro considerado nobre. As pessoas querem morar próximo a equipamentos urbanos como praças e parques, querem facilidades como um mercado, uma farmácia e ainda precisam se locomover, então vale observar as paradas de ônibus e pontos de táxi próximas ao local desejado”, explicou.

Quanto ao tamanho do apartamento, o professor acredita que as unidades menores têm maior atratividade no mercado pernambucano atual. “Como há muitos profissionais vindo de outros estados para trabalhar em Suape ou mesmo na Fiat, vale investir em apartamentos de um ou dois quartos, pois o aluguel é garantido.” Ferreira lembra ainda que apartamentos com valor alto de condomínio ou estão registrados nos chamados terrenos de marinha devem ser evitados.

Saiba mais

Veja os 10 pontos mais importantes para quem quer comprar um imóvel:

1 -  Junte o máximo de dinheiro antes da compra. Venda carro, terrenos, casa de praia, tudo o que puder. O importante é que você tenha, no mínimo, 30% do valor do imóvel antes da negociação;

2 -  Os financiamentos feitos pelas construtoras geralmente têm condições melhores;

3 -  Como prazo, o máximo indicado para financiamentos é  de 10 anos;

4 - Os consórcios podem ser uma ótima opção se você tem condições de esperar o sorteio ou o final das prestações sem pagar aluguel;

5 -  Comprar na planta será sempre a melhor alternativa pois o imóvel valoriza muito mais após finalizado;

6 -  Compre algo menor do que você deseja. Lembre-se que imóveis pequenos têm boas chances de revenda rápida;

7 - A localização do imóvel pode ser o fator mais importante na hora de comprar. Nas grandes cidades, a distância em relação ao trabalho deve ser decisiva;

8 - Vagas na garagem valorizam um apartamento, em muitos casos, até mais do que a distribuição de seus cômodos;

9 -  Quando se trata de imóvel usado, é imprescindível levar um mestre de obras para revisar o local e informar-se sobre obras de manutenção recentes;

10 - É indicado consultar um advogado antes de assinar o contrato. Ele pode observar a documentação, saber se todos os impostos estão em dia, se o imóvel está quitado e se não há penhora judicial sobre a propriedade, se as condições do contrato são justas, etc.

Fonte: Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecipe)

Esta matéria tem: (0) comentários

Não existem comentários ainda

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »