Serviços

Atenção com a instalação hidráulica

Quase sempre esquecidos, os sifões, canos e ralos precisam passar por uma revisão periódica para evitar problemas futuros

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 15/01/2015 10:30 / atualizado em 15/01/2015 10:34
Com atuação discreta, o sistema de instalação hidráulica pode passar despercebido na correria do cotidano. Só é lembrado quando acontece um acidente. Para evitar esses casos, os canos, ralos e sifões precisam desfrutar da mesma importância que os demais elementos da casa na hora da manutenção preventiva. Isso pode evitar verdadeiras dores de cabeça, como problemas com a estrutura de encanamento e mau cheiro dentro do apartamento.

O engenheiro Paulo Lima alerta para que os moradores sejam precavidos  - ANNACLARICE ALMEIDA/ DA/D. A. PRESS O engenheiro Paulo Lima alerta para que os moradores sejam precavidos
O segredo é a prevenção. Cultivar o hábito de conferir periodicamente as condições de funcionamento dessas pequenas peças evita o transtorno doméstico. “É um processo simples, porém muito escanteado. As pessoas precisam ter uma dimensão ideal da importância de manter o sistema hidráulico em boas condições”, explica o diretor de Tecnologias e Custos da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco (Ademi - PE), Lucian Fragoso.

O tempo ideal para verificar as instalações vai variar de acordo com a realidade da edificação. No entanto, em média, é recomendável atualizar esse serviço a cada 3 ou 6 meses. O engenheiro Civil Paulo de Andrade Lima destaca que o problema mais recorrente em residências é o processo de entupimento dos canos, principalmente na cozinha. “Funciona como uma artéria. Se preencher de gordura, interrompe o fluxo e a consequência todos nós sabemos:  o estragulamento do sistema. E isso pode afetar a estrutura de concreto”, explica. Ele adverte que esses problemas podem ser evitados pelo próprio morador, com ações domésticas, como depositar água quente nos ralos para retirar as gorduras e constante observação da caixa coletora.

Outros elementos que Paulo reivindica mais atenção são as válvulas redutoras de pressão, que são instaladas em edifícios com mais de 40 metros de altura com a finalidade de equilibrar a força na água na estrutura, e as bombas hidráulicas, responsáveis pelo impulsionamento do liquido para os reservatórios. “O tempo regular para a manutenção, para todos esses sistemas, é de cinco a seis meses. Se realizar manutenção, evita problemas maiores”, ressalta Paulo.

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
17 de novembro de 2016
03 de novembro de 2016
27 de outubro de 2016
20 de outubro de 2016