Ofertadas

Habitações populares ganham destaque no feirão

Empresas aproveitam a edição para oferecer descontos e promoções para os clientes.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/04/2015 20:44 / atualizado em 24/04/2015 21:25
Imóveis que custam R$ 106 mil.  Esse foi o preço mínimo que o Diario encontrou entre as ofertas populares do Minha Casa, Minha Vida durante a abertura do Feirão Caixa da Casa Própria  As opções do segmento popular são o destaque desta edição,  que apresenta  unidades que podem chegar a  R$ 170 mil. Para quem pretende adquirir  na Região Metropolitana do Recife, o preço máximo do imóvel pode chegar até R$ 145 mil. O Feirão também disponibiliza ofertas que atuam fora da faixa do Minha Casa, Minha Vida, com preços a partir de R$ 300 mil,  com a possibilidade de atingir o máximo de R$ 1 milhão.

Ricardo Fernandes/DP/D.A Press
O eletricista José Bruno de Oliveira estava visitando o Feirão pela primeira vez. Acompanhado da esposa, a técnica de enfermagem Élida Maciel, conseguiu obter a carta de crédito com o banco. No primeiro estande visitado, o casal se convenceu de fechar negócio. Eles adquiriram uma unidade do Minha Casa, Minha Vida em São Lourenço da Mata. "Nós gostamos desse apartamento com  três quartos porque atende a nossa expectativa, porque temos uma família grande e vai dá pra receber bem nossas visitas", disse Oliveira.

Com a projeção de receber mais 30 mil visitas durante toda edição, o superintende regional da Caixa, Paulo Nery, garantiu que a abertura do evento cumpriu as expectativas. Mas advertiu que, como o foco do evento é voltado para habitações populares, a movimentação do público deve aumentar no decorrer do final de semana. "As pessoas deixam para o sábado ou o domingo porque têm mais tempo para conferir as ofertas e passar pela simulação".Ele ainda adverte que é importante o cliente visitar o feirão com toda a documentação, que consiste em CPF, RG, Comprovante de renda, Comprovante de residência e as certidões do estado civil.

A aquisição de um Minha Casa, Minha vida tem algumas restrições. Uma delas é a renda do cliente, que não pode ultrapassar R$ 5 mil. Além disso, a taxa de juros para o financimento é subsiada e pode ser  calculada a partir de 4,5% ao ano . Para quem vai recorrer ao Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE) terá  taxas 8,8 % ao ano.

O Feirão da Caixa é uma importante vitrine do mercado imobiliário. Ao todo, são mais  mais de 54 construtoras,  40 correspondentes imobiliários e 5 imobiliárias. Toda essa equipe voltada para a negociação de pouco mais de 20 mil imóveis, que se dividem em novos e usados. De acordo com os cálculos da organização,  são 7.471 empreendimentos novos, são mais de 11.402 imóveis novos e 11.640 imóveis usados. Com isso, as empresas participantes elaboram campanhas exclusivas voltadas para o feirão, como descontos no valor total do imóvel, a dispensa do valor inicial e a quitação, por conta da construtora, dos itens da escritura, como o Imposto sobre a Transmissão de Bens Imóveis (ITBI)

Além do Recife, o Feirão também acontece simultaneamente em diversas capitais e em algumas cidades do interior, como Caruaru, Vitória de Santo Antão, Belo Jardim e Carpina. Neste sábado, o feirão vai funcionar das 10h às 22h; No domingo, das 10h às 18h.

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
17 de novembro de 2016
03 de novembro de 2016
27 de outubro de 2016
20 de outubro de 2016