Interiores

Um tom masculino na decoração

Homens estão cada vez mais interessados em decorar o lugar onde vivem

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 28/08/2015 08:53 / atualizado em 28/08/2015 09:16
Cozinha Gourmet para o homem contemporâneo é tendência no mercado - Arquivo Pessoal Cozinha Gourmet para o homem contemporâneo é tendência no mercado
Quem não quer morar em um lugar que represente bem quem você é? Decorar a casa com artigos e cores que mais combinam com a personalidade do morador deixa o ambiente bem mais intimista. Atualmente, o conceito de decorar a casa não abrange apenas o público feminino, mas também os homens que estão cada vez mais interessados no assunto. De acordo com especialistas da área, a procura por decoração masculina vem aumentando a cada ano.

“É bacana ver que decoração não é mais papo só para mulheres. Nós, homens, estamos cada vez mais por dentro do assunto e queremos deixar nosso espaço bem decorado. Principalmente com a conquista do primeiro imóvel, os homens estão se interessando em enfeitar a casa para que tudo fique do seu jeito”, diz Marcelo Issao, coordenador de marketing da Rojemac, marca de decoração e itens de houseware. Marcelo ainda diz que os estilos de decoração são dos mais variados.

Não é à toa que os ambientes em exposição vêm ganhando tons mais escuros e mais alinhados aos gostos masculinos. De acordo com a arquiteta e designer de interiores Dani Magero, que assinou a cozinha gourmet projetada para o homem da atual geração, em 2012, a procura por decoração masculina vem aumentando a cada ano. "É um público que está consumindo muita decoração. Antes, o homem só fazia o pagamento, mas hoje ele quer participar ativamente do processo de escolha, seja casado ou solteiro", destaca Magero.

Desconstrução
De acordo com a pesquisadora em comunicação e gênero da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Soraya Barreto, a procura por decoração masculina reforça o discurso de que projetar a casa não é algo restrito às mulheres. “Esse tipo de serviço contribui para a desconstrução de um paradigma estruturado em estereótipos, em que várias questões domésticas são sempre atribuídas à imagem feminina. O espaço doméstico não é apenas para mulheres ou homens, mas para ambos”, explica Soraya. Ela reforça ainda que o público masculino procura esse tipo de serviço devido à liberdade que a pós-modernidade despertou, em que homens e mulheres assumem papéis sem se preocupar com a questão do gênero.

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
17 de novembro de 2016
03 de novembro de 2016
27 de outubro de 2016
20 de outubro de 2016