Agreste

Verticalização na cidade de Caruaru

Capital do Forró atrai cada vez mais investimentos imobiliários pelo seu crescimento e devido à sua localização próxima ao polo têxtil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 23/06/2016 11:05 / atualizado em 23/06/2016 11:36
Verticalização da cidade, famosa pelo São João, muda cenário do Agreste - Prefeitura Municipal de Caruaru Verticalização da cidade, famosa pelo São João, muda cenário do Agreste
O crescimento vertical pode ser observado em várias cidades brasileiras, não apenas nas metrópoles nacionais e regionais, mas também naquelas de porte médio ou nas pequenas. O município de Caruaru, conhecido como Capital do Agreste, também passa por tal processo. Nos últimos 15 anos, o lugar está deixando de ser uma região do interior, dominada apenas por casas enfileiradas, e ganhando ousados empreendimentos imobiliários. “Após a duplicação da BR-232, a localidade cresceu bastante. Hoje, a cidade possui uma infraestrutura de metropóle, com grandes supermercados, escolas, faculdades e shopping center, além do polo têxtil. O mercado imobiliário enxergou na cidade potencial de sobra para investir”, comenta o consultor Luiz Carlos Belém. Esses fatores citados atraíram grandes investimentos de empresas tradicionais no segmento imobiliário.

A construtora Moura Dubeux escolheu a cidade para dar início ao seu plano de expansão no interior pernambucano. “Caruaru é diferente das demais cidades interioranas. O seu crescimento a colocou em um bom patamar para investimentos, atraindo vários segmentos da economia. Além disso, há moradores locais que desejam morar em um imóvel diferente”, diz Homero Moutinho, diretor regional da MD.

O Cosmopolitan Shopping Park é o produto de entrada da marca na região, que está sendo erguido em Indianapólis, um dos bairros mais valorizados da cidade. O empreendimento é composto por duas torres: Park Way e Park View. A primeira contará com 32 pavimentos, sendo três imóveis por andar, além de duas vagas na garagem, um total de 96 unidades. Já a outra terá uma vaga a menos e dois pavimentos a mais, com oito imóveis por andar. Ao todo são 376 apartamentos, que variam de 56,89 m² a 95,44 m². São opções com dois ou três quartos, sendo uma suíte, salas de jantar e estar, varanda e área de serviço.

A área de lazer será contemplada com brinquedoteca, espaço gourmet, fitness, minicampo, pista de cooper, piscinas adulto e infantil, playground e praça de leitura. A previsão de entrega em dezembro.
 
A construtora Conic também apostou na região e está construindo o residencial Terra Brasilis. Localizado no bairro Universitário, o empreedimento é composto por 45 apartamentos de 324 m², sendo um por andar, área completa de lazer e cinco vagas de garagem para cada unidade.
 
Para atender ao público do programa Minha Casa, Minha Vida, a MRV Engenharia conta com três empreendimentos na cidade, o Complexo Cidade Jardim: Jardim dos Coqueiros, Jardim dos Ipês e Jardim dos Alecrins, no bairro de Maurício de Nassau. Todos os imóveis possuem unidades de 42 m² a 52 m², de um, dois ou três quartos e vaga de garagem. A  Porto Engenharia investirá pela primeira vez no município com o residencial Multiporto Indianapólis, um home service com 224 apartamentos.
 

Tags: arquitetura

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
17 de novembro de 2016
03 de novembro de 2016
27 de outubro de 2016
20 de outubro de 2016