Natureza

Estímulo à sustentabilidade

Caixa criou Selo Azul para empresas que projetarem empreendimentos "mais verdes"

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 26/09/2013 13:06 / atualizado em 26/09/2013 13:23
Sustentabilidade. Esta é a palavra de ordem dos últimos anos. Promover e praticar técnicas que beneficiam o meio ambiente é, além de assegurar vantagens para a população em geral, garantir o bem-estar da natureza. Buscando incentivar o desenvolvimento de cidades mais sustentáveis, a Caixa Econômica Federal há três anos criou o Selo Casa Azul, que estimula as construtoras a projetarem empreendimentos mais verdes. No Brasil, mais de 3.800 empreendimentos já receberam o Selo Azul. Em Pernambuco, alguns projetos imobiliários estão pleiteando este conceito. Em Garanhus, Agreste do estado, um projeto dentro do Programa Minha Casa, minha Vida, da construtora Viana e Moura, e o Reserva Atlântica, empreendimento da Nacional Empreendimentos, em São Lourenço da Mata, são alguns exemplos. Este primeiro prevê a construção de uma vila com 108 unidades e três lotes comerciais. O habitacional em Garanhuns recebeu Selo Ouro por ter cumprindo critérios de qualidade urbana conforto ambiental, eficiência energética e gestão de resíduos da construção.
Reserva Atlântica vai assegurar 90 mil metros quadrados para espaço verde distribuídos em forma de jardins e espécies nativas cultivadas - Nacional Empreendimentos / Divulgação Reserva Atlântica vai assegurar 90 mil metros quadrados para espaço verde distribuídos em forma de jardins e espécies nativas cultivadas
Com um área total de 300 mil metros quadrados, a Reserva Atlântica vai assegurar 90 mil metros quadrados para espaço verde distribuídos em forma de jardins e espécies nativas cultivadas. Além disso, a construtora vai desenvolver meios para recuperar em cerca de 12 mil metros quadrados toda a mata nativa daquela região. O terreno, que hoje fica em uma antiga plantação de cana-de-açúcar, não possui mais a mata original e as margens do riacho que corta a área estão bastante desgastadas. Para o diretor comercial da Nacional Empreendimentos, Gustavo Pinto Coelho, o Selo Casa Azul é um complemento ao empreendimento, pois adota medidas e práticas ambientais que promovem benefícios a longo e curto prazo. Coelho ressalta que foram introduzindos métodos sustentáveis deram ganho imediato a conservação dos bens naturais. Ele pontua ainda a importância de mostrar aos moradores que esse tipo de medida traz vantagens para todos. Adesão Para receber a qualificação do Selo Azul da Caixa Econômica é necessário que a construtora seja parceira da Caixa e se candidate voluntariamente. Durante a idealização do projeto e da construção do empreendimento, a Caixa realiza um trabalho de acompanhamento e, posteriormente, é feita atividades educativas de conscientização junto ao futuro morador. A arquiteta da Caixa Econômica Federal, Sandra Cristina Bertone conta que com o selo é possível fazer com que empresas de construção introduzam algumas práticas sustentáveis ao projeto habitacional.

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
02 de junho de 2017
12 de maio de 2017
13 de fevereiro de 2017
02 de fevereiro de 2017