Norma de Desempenho

Mais conforto e qualidade

Construtoras terão que atender normas para garantir melhor acústica, isolamento térmico e espaço

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/12/2013 11:07 / atualizado em 12/12/2013 11:17
Construtora AC Cruz fez mudanças no edifício Vila Agnaldo Jurema para melhorar a acústica  - Construtora AC Cruz fez mudanças no edifício Vila Agnaldo Jurema para melhorar a acústica (CRISTIANE SILVA/ESP. DP/D.A PRESS) Construtora AC Cruz fez mudanças no edifício Vila Agnaldo Jurema para melhorar a acústica
Mais segurança, conforto e durabilidade dos imóveis. É o que propõe a Norma de Desempenho de Edificações Habitacionais, regulamento que promete elevar o patamar de qualidade dos projetos imobiliários do país. Vale tanto para fornecedores e construtores, como para o usuário, que deve realizar manutenções periódicas no imóvel. A coordenadora do Comitê de Tecnologia e Custos (CTC) da Associação das Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco (Ademi-PE) e engenheira supervisora da construtora A.C. Cruz, Michelli Fialho, destaca que a principal mudança será na acústica dos imóveis. Segundo Michelli, as paredes entre apartamentos e áreas comuns, como salão de festa e plauground, devem ter nível de ruído de até 50 decibéis. Para garantir que haja essa diminuição, o engenheiro civil Cristovão Santos afirma que a largura da parede que fica entre as unidades deve ter 14 centímetros de espessura entre as divisões. Além da acústica, o desempenho térmico dos imóveis também é outro ponto citado na Norma. Michelli Fialho explica apartamento deve garantir condições naturais de isolamento e ventilação. Para isso, são necessários vãos e janelas mais amplas. Santos ressalta que o uso de cores claras é determinante para diminuir a temperatura do ambiente. Ele explica qu o ideal mesmo é que sejam usadas cerâmicas brancas. Outro quesito que também deve ser levado em consideração é o tamanho dos cômodos. Um quarto individual precisa ter espaço para caber, no mínimo, uma cama de solteiro, um guarda-roupa e um criado mudo. Michelli afirma que cada comôdo deve ter espaços suficiente para a quantidade de pessoas que utilizam o ambiente e para os objetos necessários. A Norma de Desempenho é válida para as edificações construídas a partir de julho passado, mês que entrou em vigor, mas o mercado já atende alguns pontos. O edifício Vila Agnaldo Jurema, da construtora A.C. Cruz, no Rosarinho, é um exemplo disso. Michelli Fialho ressalta que o projeto foi aprovado pela prefeitura antes da norma entrar em vigor, mas vários itens já vinham sendo executados e, como ainda estamos em obras, estamos introduzindo outros pontos, como o desempenho acústico.

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
02 de junho de 2017
12 de maio de 2017
13 de fevereiro de 2017
02 de fevereiro de 2017