Entrega das chaves

Mudança sem dor de cabeça

Vistoria antes de receber as chaves do imóvel é importante para evitar problemas futuros. Parecer de um especialista é fundamental

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 22/04/2016 11:47 / atualizado em 11/05/2016 14:15

Paula e Tiago Freitas contrataram um engenheiro para a vistoria do novo apartamento - Ricardo Fernandes/DP Paula e Tiago Freitas contrataram um engenheiro para a vistoria do novo apartamento

Apenas quem comprou um imóvel na planta sabe como é angustiante ter que ficar aguardando a sua entrega. Ao receber as chaves, no entanto, o morador deve segurar a ansiedade e fazer uma vistoria no apartamento, se não quiser encontrar problemas no futuro. Após a longa espera pelo novo lar, é importante observar detalhes, desde se a água corre para o ralo no banheiro até para se as paredes estão retas. Não há lei que obrigue as construtoras a permitirem ao proprietário conferir a qualidade do imóvel depois de pronto. Ainda assim, a vistoria virou praxe, tanto que consta em boa parte dos contratos de compra e venda como condição para a entrega das chaves. “Dá um certo trabalho, mas pode evitar muita dor de cabeça. Muitas vezes, um detalhe considerado irrelevante pode custar caro”, diz Giovani Oliveira, gerente da Apsa, empresa especializada em gestão condominal.


Na hora em que o imóvel está pronto, o comprador é levado por um representante da construtora para atestar as condições da unidade. Essa é a hora de checar da metragem do imóvel às partes elétricas e hidráulicas. Por isso, de repente, o proprietário pode contratar algum especialista. Pinturas, vidros, cerâmicas, esquadrias, louças, ralos e até o nivelamento do piso entram no check list.


Giovani sugere guardar todos os anúncios e propagandas do empreendimento. O futuro morador deve trazer consigo o memorial descritivo da construtora. O documento deve listar todas as especificações dos materiais utilizados na obra. “Esses papéis são importantes para servirem de comparação no dia da inspeção. Também é bom aproveitar o celular para fazer imagens e vídeos de tudo o que estiver controverso, pois podem atestar a existência do problema”, explica.


O administrador Tiago Freitas recebeu as chaves do seu apartamento em janeiro e contratou um engenheiro para a vistoria. “Como não sou da área, optei pela assessoria de um profissional. Detectei problemas com a maçaneta de uma porta. Entrei em contato e a construtora resolveu de imediato”, conta. Estando tudo certo, o comprador assina um termo no qual aceita as condições do imóvel. Se detectados erros, a empresa tem até 30 dias para saná-los, e agenda-se a segunda checagem. Até 90 dias após a assinatura do termo são aceitas queixas.

 

Dicas: 

 

- Examine pisos, azulejos e cerâmicas para verificar danos;


- Abra e feche todas as portas e janelas para conferir se estão funcionando corretamente, assim como as fechaduras;


- Observe se as janelas foram impermeabilizadas e se os vidros estão arranhados ou soltos;


- Verifique a sua veneziana contra a luz e veja há vazamento;

 

- Veja vasos sanitários, cubas e louças. Veja se não há riscos, rachaduras, manchas ou trincos;


- Teste todas as tomadas e interruptores. Leve lâmpadas e faça o teste nos bocais;


- Abra as torneiras e deixe abertas por um tempo para descobrir se há vazamento. Teste todas as descargas e o registro.

 

 

Tags:

Anúncios do Lugar Certo

Últimas notícias

ver todas
17 de novembro de 2016
03 de novembro de 2016
27 de outubro de 2016
20 de outubro de 2016